RAPIDIINHAS DO MORENO NO CLIMA\TEMPO POLITICO

by - maio 30, 2022

 

É AQUI TÁ QUENTE, AQUI TÁ FRIO- A politica de Santa Cruz do Capibaribe entrou na onda do clima\tempo e tem hora que esfria e tem hora que esquenta. As novidades estão cada vez mais raras, deixando a impressão que tem muita gente no jogo politico dentro de casa, só esperando a chuva passar ou o sol dar o ar da graça.

O CLIMA FRIO DE ZÉ AUGUSTO- Esse clima frio do ex-deputado federal José Augusto Maia, vai até quando? Que estratégia ele guarda para a eleição que se aproxima? Seja qual for no histórico do “Nosso Zé” ficar calado e em quarentena politica foge do seu perfil. Só coordenar a campanha de Marília Arraes em Santa Cruz é pouco, ela tem tudo para ser majoritária na cidade e não poderá ser atribuído a Zé Augusto esse feito.

DA FONTE ESQUENTA NOME DE HELINHO- Já o deputado federal Eduardo da Fonte tratou de esquentar o nome do vice-prefeito de Santa Cruz Helinho Aragão. Helinho voltou a ser lembrado como uma opção para deputado estadual e vale lembrar que ele se filiou ao PP no ultimo minuto e pode ser a carta na manga para uma emergência politica na cidade. Dudu dá Fonte parece não ter esquecido ser chamado de deputado da tornozeleira eletrônica por Diogo Moraes.  

DIOGO TÁ ILHADO- Assim como o recifense vem ficando ilhado nas torrenciais chuvas na capital, o deputado Diogo Moraes vem ficando ilhado politicamente em Santa Cruz do Capibaribe. Ele é o único a defender o desgastado governo Paulo Câmara em sua terra. Esquenta prometendo e depois esfria não cumprindo o que disse. A situação de Diogão em Santa Cruz é dificílima e ele parece não perceber isso.

CAFÉ AGUADO- Requentar velhas promessas é igual aquele café requentado várias vezes, não servindo nem para aquecer, nem para ser saboreado. Diogão tá ficando feito café aguado, faltando açúcar, sobrando pó e sem graça. Só uma vinda urgente de várias ordens de serviços e o inicio das mesmas, fará com que a população volte a acreditar no deputado. Os votos que podem faltar em Santa Cruz na conta do Diogão devem sair caros para entrar na Alepe.   

A FRIA PRÉ-CAMPANHA DE ALAN- O líder do grupo verde em Santa Cruz Alan Carneiro tá esperando a chuva passar para engrenar sua pré-campanha para estadual, esquecendo que é preciso mostrar na Terra das Confecções que seu projeto é viável em nível de estado. Não se tem noticias de apoios importantes e cidades que apoiam o carneirinho, abrindo uma brecha para os adversários políticos locais dizerem que sua pretensão é usar 2022 como trampolim para 2024.  

ROBSON ATÉ DEBAIXO D’ÁGUA- Já o “Gordinho de Bolsonaro”, Robson Ferreira, está em campo atrás de apoios para seu projeto de pré-candidato a federal. Viaja muito, faz muitos vídeos, entrou até mesmo embaixo das chuvas, mas não divulga nomes de outras cidades que fechou apoio. Deve ser estratégia. Mas só esperar ficar a rebote da onda Bolsonarista no estado e na sua terra, é arriscado demais. Para quem faz politica, uma eleição serve de amarração para a outra. 2024 é logo ali.  

EDIM E ALÊ DEVEM ESQUENTAR COM O FORRÓ DO MENINO- O líder dos chamados bocas pretas Edson Vieira vem percorrendo o estado ao lado de sua esposa e deputada Alessandra Vieira, alternando momentos quentes e momentos frios. Com a realização do Forró do Menino espera-se um esquente de vez, principalmente em Santa Cruz do Capibaribe. Edson trata os dois projetos por igual, o dele e o da deputada, mas não pode esquecer a prioridade, que é renovar o mandato de Alessandra Vieira.

PREVISÃO DO TEMPO POLITICO- Atenção pré-candidatos, o mês de maio está dando adeus, junho tá chegando e deve servir para esquentar seus projetos. Aquele que entrar no clima frio do tempo, sem esquentar sua politica, vai sofrer as consequências! 

You May Also Like

0 comments