COMDECA LANÇA EDITAL PARA ELEIÇÃO DO CONSELHO TUTELAR DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE | Blog do Marcondes Moreno

RADIO

segunda-feira, 8 de abril de 2019

COMDECA LANÇA EDITAL PARA ELEIÇÃO DO CONSELHO TUTELAR DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

Share it Please
Na manhã desta sexta-feira (05) foi divulgado pelo Comdeca (Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente) edital com detalhes sobre as eleições deste ano para o Conselho Tutelar de santa Cruz do Capibaribe.


Na última quarta-feira (03) representantes do Comdeca e estiveram reunidos na sede do Ministério Público para discutir e elaborar o novo edital para a eleição do Conselho Tutelar que acontece em 06 de outubro.

O presidente do Comdeca, Kleiton Ferreira, esteve acompanhado dos membros que formam as Comissões responsáveis pela elaboração do edital e a Sociedade Civil Organizada, que realizaram alterações específicas visando o pleito.


O promotor da Infância, Dr. Lúcio Malta, ressaltou a importância da participação popular na eleição do Conselho Tutelar. “Solicitamos a participação da população em geral, para que esteja atenta ao trabalho desempenhado pelos conselheiros, e com isso o acompanhamento durante todo o pleito e a votação é fundamental para isso”, frisou.

O presidente do Comdeca de Santa Cruz do Capibaribe, Kleiton Ferreira, falou dos preparativos para mais um processo eleitoral destinado ao órgão. “Estamos elaborando um novo edital que visa efetivar a transparência ao processo de candidaturas e suas respectivas votações. A democracia deve prevalecer e por isso convocamos membros da sociedade civil organizada para discutir conosco as regras dessa disputa”, disse.

A eleição do Conselho Tutelar acontecerá no dia 06 de outubro das 8h às 17h, e vai consolidar através do voto, os representantes que vão defender os direitos  das crianças e dos adolescentes pelos próximos quatro anos. A posse dos conselheiros acontecerá no dia 10 de janeiro de 2020. A participação popular é de fundamental importância para bom andamento e na discussão das políticas públicas voltadas as crianças e adolescentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário