CULTURA PERDE JOELZINHO SERESTEIRO | Blog do Marcondes Moreno

RADIO

sexta-feira, 29 de março de 2019

CULTURA PERDE JOELZINHO SERESTEIRO

Share it Please
Seresteiro morreu na noite da quinta-feira 28, na UPA de Santa Cruz do Capibaribe, deixando uma história de amor por sua terra natal e uma vida dedicada à música romântica.

Joel Ferreira de Araújo, 78 anos, conhecido também como Joelzinho de Beringué, era um apaixonado por sua cidade, e usou a voz para alegrar a juventude de sua época, participando de serenatas e espalhando amor entre as pessoas. Amor este que fez com casar-se com Madalena Balbino, a quem carinhosamente chamada de Madá, e gerasse uma família de gente de bem.

Joelzinho foi dono de uma pequena lanchonete na Rua São Miguel no centro da cidade, que era famosa pelos cachorros quentes feitos por Madalena e pela venda de licores. Alegre, divertido e talentoso o artista era sempre convidado para participar de eventos musicais, até problemas na saúde impedir de comparecer e soltar a voz.

Em entrevista concedida a este blog, por ocasião do evento cultural Santa Cruz Antiga, falou emocionado da paixão por sua cidade. ““EU SOU RUA GRANDE, SOU GAMELEIRA... EU SOU SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE”, afirmou.

Hoje a cidade e a cultura estão de luto por este filho tão querido. Seu corpo está sendo velado no Clube da Melhor Idade na Rua Grande e será sepultado às 17hs desta sexta 29, no cemitério São Judas Tadeu. 

Fotos Jairo Gomes, O Cangaceiro.  

Um comentário: