sexta-feira, 3 de agosto de 2018

RODA VIVA, PICADEIROS E IDH!

Share it Please
Com as eleições se aproximando e os pré-candidatos sendo definidos, as perguntas que o brasileiro faz estão apontando para velhos problemas na república brasileira, questões relacionadas à educação e saúde estão sempre em pauta e na maioria dos casos nunca são respondidas a contento, temos um déficit público galopante, falta de planejamento a médio e longo prazo e alguns pré-candidatos que parecem zumbis andando contra a multidão de desvalidos que pedem socorro principalmente nas áreas mais pobres do nosso país.
Somos uma nação com características continentais com uma economia de dar inveja ao mundo, mas não aprendemos ainda o que é política para qualidade de vida, do Município ao Estado e País, temos ainda uma corja de corruptos que danificam a moral da terra brazilis e nos colocam entre os mais corruptíveis estados nacionais do mundo, milhões de analfabetos, outros tantos analfabetos funcionais e outro tantos milhões de analfabetos políticos, esses por sua vez são os responsáveis diretos por maiores prejuízos no Brasil e que apoiam candidatos zumbis que mais parecem jovens revolucionários de rede social, na maioria dos casos grita muito e age pouco.
Os desafios que se apresentam são muito grandes e aquele ou aquela que vencer as eleições esse ano vai começar 2019 com deveres além da conta, se tiver coragem inclusive para reverter a retirada dos direitos dos trabalhadores e de direitos adquiridos que foram jogados no lixo pelo governo golpista que está no poder com uma reprovação de mais de 87%, aos brasileiros e brasileiras como dizia certo presidente de bigode “dono” do Estado do Maranhão, resta a esperança de que um novo Brasil venha a tona depois do desmanche da nossa cambaleante democracia que nunca se firmou e que os articuladores do golpe parlamentar contribuíram para levar isso para mais distante do horizonte do povo.
Como já comentamos aqui nesta coluna, espera-se que as urnas tragam as mudanças necessárias para um reforma política que comece pelo povo, lembrando sempre que o poder emana do povo e para ele deve ser devolvido em forma de políticas para melhorar a qualidade de vida e que faça o Brasil ser mais produtor e menos assistencialista. O Roda Viva desta semana entrevistou o último pré-candidato a presidente da república, e como foi boa a entrevista, pois a partir dela podemos perceber que realmente nossa nação precisa de gente com maior nível educacional, para que não cheguemos a nos render a fala de demagogos travestidos de moralistas, palhaço é engraçado no circo, nossa família não quer picadeiro, quer ter o direito de viver melhor. No mais fica o dito para ser reescrito e ponto final.

Um comentário:

  1. Não queremos picadeiro! Queremos ter o direito de viver melhor!!! 🤗👏👏👏👏👏

    ResponderExcluir