DIOGO MORAES FALA DE CONQUISTAS E NEGA BRIGA COM EDSON VIEIRA:“DA MINHA PARTE NADA. NÃO ESTÁ ACONTECENDO ABSOLUTAMENTE NADA”. | Blog do Marcondes Moreno

sábado, 25 de novembro de 2017

DIOGO MORAES FALA DE CONQUISTAS E NEGA BRIGA COM EDSON VIEIRA:“DA MINHA PARTE NADA. NÃO ESTÁ ACONTECENDO ABSOLUTAMENTE NADA”.

Share it Please
O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) foi o entrevistado do programa Marcondes Moreno na sexta-feira dia 24, onde destacou as inúmeras cidades terá apoios para sua eleição em 2018, que vão deste a região metropolitana ao sertão, passando pelo Agreste.

Diogo Moraes enumerou diversas ações que estão acontecendo no Agreste pelo governo Paulo Câmara, sobretudo, as que estão beneficiando Santa Cruz do Capibaribe.  O deputado não se esquivou em falar do principal problema da cidade e região hoje, a questão da segurança pública.

“EU NUNCA ME ESCONDI E NEM NEGUEI QUE O PROBLEMA DE SEGURANÇA ERA SÉRIO, SEMPRE DISSE E BUSQUEI SOLUÇÕES”.


“O BIESP foi inaugurado tem dez dias e quero dizer que ele ‘Está’ em Caruaru, ele não é ‘Para’ Caruaru. Ele está montado lá por estratégia de geografia e vai atender todo Polo de Confecções, mas precisa de um grupo tático aéreo. Os helicópteros a ANAC só permite em aeroportos autorizados. Todo este conjunto de ações, eram em Recife, hoje já é para Caruaru e região. Estamos planejando 2018. A operação Têxtil vai está no calendário oficial do governo, igual ao Galo da Madrugada, a Paixão de Cristo, O São João de Caruaru, o Carnaval do Recife e igual aos grandes eventos populares que reúnam mais do que cem mil pessoas. Mas Santa Cruz realmente não para e nem vai parar porque cresce a cada dia, e temos que ter uma coisa clara enquanto político, que é resolver o problema e não se esconder dele. Não é chegar neste microfone, como alguns que tem o privilegio de vir aqui e falar, por sua credibilidade e audiência (Do programa), e se esconde perante a população. Eu nunca me escondi e neguei que o problema de segurança era sério, sempre disse e busquei soluções”. Falou o deputado estadual.

“DA MINHA PARTE NADA. NÃO ESTÁ ACONTECENDO ABSOLUTAMENTE NADA”

 Sobre o que está acontecendo entre ele e o prefeito Edson Vieira nos bastidores, onde existem problemas internos, o deputado foi categórico: “Da minha parte nada. Não está acontecendo absolutamente nada. Eu falei com Edson, acho que há uns 15 dias, discutindo umas situações administrativas. Esta questão de Edson é mais a questão do estilo de política santa-cruzense de fazer. Muitas vezes a gente escuta muita zoada na rua, e não dou muito ouvido a esquina, não gosto das pessoas que ficam levando e trazendo algumas coisas. Isso traz energia negativa”. Falou.

“EU E EDSON TRABALHANDO EM SINTONIA E AS COISAS CHEGANDO E DE UMA FORMA QUE É MAIOR DO QUE DISPUTINHAS DE INTRIGA. INTRIGA NÃO É COMIGO”.

Diogo Moraes garantiu que não existe disputa entre ele e o prefeito Edson Vieira: “Isso não existe. Nossa parceria é firmada e sólida. Ele faz o trabalho de prefeito, eu faço o de deputado e o resultado está chegando. Embora que acho que, alguém do outro lado, alguém que não está neste conjunto, que por fim da força quer fazer uma intriga, e eu não tenho como ficar intrigado, porque não houve fato nenhum que leve a algo tão grave que as pessoas estão propagando. Toda vez que venho trazer algo bom para Santa Cruz tem uma coisa na política que inventam que é para dar uma diminuída, mas o trabalho não cessa e não para. Eu tenho certeza que Edson não teve conosco hoje aqui na Central das Feiras, porque está em Fortaleza, na reunião do BNDS em busca de soluções. O que adianta eu tá lá em uma reunião de prefeitos, adianta? Adiante Edson Vieira está na Assembleia legislativa todo santo dia? Adiante é eu e Edson trabalhando em sintonia e as coisas chegando e chegando de uma forma que ela é maior do que disputinhas de intriga. Intriga não é comigo”. Deixou claro.

“NUNCA TEVE UMA DECLARAÇÃO GOVERNAMENTAL DE ALGUMA COISA SOBRE RETALIAÇÃO, PELO MENOS NO MEU CONHECIMENTO NÃO EXISTE”

Em relação à chamada retaliação do governo Câmara ao governo Vieira, o deputado replicou:

“Não gasto preciosos tempos justificando o que não tem, se alguma coisa houve, aqui já estaria dito. Nunca teve uma declaração governamental de alguma coisa sobre retaliação, pelo menos no meu conhecimento não existe. Inventaram esta história de convite\não convite, convite foi\não foi. Isto o governo com as comunicações. Eu fui comunicado no domingo a tardinha e era para estar aqui as oito da manhã. Então isto é uma besteira, é uma coisa boba. O importante é que veio para Santa Cruz. Quando o governador veio aqui em dezembro, eu não estava, inaugurou a Central de Feiras e eu não estava, eu estava fora e não pude. Ele (o governador), decidiu de ultima hora e quem falou por mim, foi meu pai. E lá na segunda feira, quem falou por Edson foi o presidente da Câmara, altamente representado por Zé Minhoca”. Disse o deputado.

“FIZ UM TRATAMENTO FORTE, MAS EU VOLTEI COM GOSTO DE GÁS”

Diogo Moraes também falou sobre sua parada para cuidar da saúde. Quando voltou ao trabalho, o deputado voltou com outro volume de presença e divulgação. Ele falou sobre uma reflexão que fez:

“Tudo na vida serve para uma reflexão. E passar por um problema de saúde, é tempo de refletir sobre muitas coisas também. Às vezes em muitos sentidos da vida você acha que é o dono da verdade, você pode, faz e acontece, mas não é nada disso não! Quem pode, faz e acontecer na vida da gente, é Deus. É ele que faz, manda e desmanda em tudo. Como meu problema de saúde foi um problema sério (Chikungunya), e estava afetando nervos e músculos. Então fiz um tratamento forte. Mas eu voltei com gosto de gás”. Contou.  

Foto Jefferson Lulu 

Nenhum comentário:

Postar um comentário