domingo, 16 de dezembro de 2018

CANIBAIS SÃO CONDENADOS EM PERNAMBUCO

O trio conhecido como "Canibais de Garanhuns" foi condenado por assassinar, esquartejar, consumir e vender carne humana dentro de salgados no Agreste de Pernambuco. O júri popular terminou na noite deste sábado (15), no Recife.

Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, Isabel Cristina Pires da Silveira e Bruna Cristina Oliveira da Silva foram julgados pelas mortes de Alexandra da Silva Falcão, 20 anos, e Gisele Helena da Silva, 31 anos, ocorridas em Garanhuns, em 2012.

A sentença começou a ser lida pelo juiz Ernesto Bezerra, que presidiu o júri popular, às 22h40. Conforme a decisão dos jurados, Jorge Beltrão terá que cumprir pena de 71 anos de reclusão.

Isabel Cristina pegou 68 anos de reclusão. Bruna Cristina foi condenada a 71 anos e 10 meses de prisão.

Os três já haviam sido condenados pelo mesmo crime contra uma jovem em Olinda, no Grande Recife. De acordo com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), as penas desse julgamento serão somadas ao tempo de prisão estabelecido anteriormente.

O segundo julgamento chegou a ser adiado devido a ausência de um dos defensores. A sessão começou na sexta-feira (14), quando os réus foram ouvidos em plenário, e foi retomada neste sábado, com o debate entre acusação e defesa.

Os três foram condenados por duplo homicídio triplamente qualificado - por motivo torpe, com emprego de cruel e impossível a defesa da vítima -, além dos crimes de ocultação e vilipêndio de cadáver e de furto qualificado. Jorge Beltrão e Bruna Cristina respondem ainda por estelionato, sendo que Bruna ainda é acusada de falsa identidade.

O caso seria julgado em Garanhuns, mas o advogado de um dos réus entrou com uma solicitação para que o júri acontecesse em outra comarca.

Os três respondem a dois processos: um pela morte de Jéssica Camila da Silva Pereira, em maio de 2008, pelo qual foram condenados em 2014; e outro pelos dois homicídios em Garanhuns.

sábado, 15 de dezembro de 2018

UM NOME DE RESPEITO PARA PREFEITO

Recentemente em entrevista a rádio Polo FM, o secretário de educação de Santa Cruz do Capibaribe Joselito Pedro assumiu sua condição de pré-candidato a prefeito, colocando seu nome a disposição para a sucessão de Edson Vieira.

Pode-se afirmar que se trata de um nome respeitado na cidade, com penetração positiva em todas as camadas sociais e admirado por muitos.

Joselito Pedro consegue aglutinar pessoas, já que mantém relação de amizades independente das questões politicas, além de ser um nome leve e de diálogo.

Um ponto fundamental em sua pretensão, é que é uma pessoa de extrema confiança do atual prefeito e faz parte do núcleo do governo.

Um nome que vale a pena ser analisado. 

INAUGURAÇÃO HOJE


ASSEMBLEIA CONDOMINIAL APROVA ORÇAMENTO FINANCEIRO PARA 2019 NO MODA CENTER

Na noite desta quinta-feira (13), aconteceu a última Assembleia Geral Ordinária do ano no Moda Center Santa Cruz. O encontro com os condôminos também foi o primeiro da gestão 2018-2020, sob a liderança do síndico José Gomes Filho.

Dentre os itens constantes da pauta e demais assuntos apresentados pelos condôminos durante o evento, um deles, considerado o mais importante, foi a apresentação e votação do orçamento financeiro para 2019.

Sem ajuste desde fevereiro de 2017, a taxa de condomínio é a única receita efetiva para a execução das ações no empreendimento. Com as sucessivas crises que assolaram o país ao longo desses quase dois anos, além dos aumentos em praticamente todos os serviços e materiais de consumo, muitos esforços foram empreendidos para que a qualidade dos serviços não sofresse grandes prejuízos. Todavia, para manter os serviços no ano que se aproxima, a aprovação do ajuste foi imprescindível.
Após assistirem à apresentação da previsão orçamentária para 2019 e tomarem ciência dos projetos importantes para a infraestrutura do parque, os condôminos, em sua maioria, votaram favoráveis ao ajuste.


Atualmente, a taxa paga por um box é de R$ 107,00 com o desconto de pontualidade. Esse valor, com o referido desconto, passará a ser R$ 119,00. Para ter o desconto, o boleto precisa ser pago impreterivelmente até a data do vencimento.

Novos valores:

Os boletos com vencimento em 15 de janeiro de 2019 já virão com os novos valores. Normalmente, os boletos são entregues nas unidades patrimoniais na primeira feira do mês. O documento também pode ser acessado no site modacentersantacruz.com.br, clicando no botão “imprima seu boleto” e inserindo o código de patrimônio e o número do CPF ou CNPJ.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

POPULAR APONTA ALTERNATIVA PARA MUDAR REALIDADE DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE


Filho de uma família tradicional de Santa Cruz do Capibaribe, tendo dado sua contribuição a cidade que nasceu, dedicando parte de sua vida a Sociedade Esportiva Ypiranga, o popular Zé Preto de Antônio Saturnino, elaborou um documento onde mostra as causas de alguns males de sua cidade, mas aponta soluções.

 “Tenho o desejo, intenção de fazer ou realizar ‘algo’ no futuro, com o objetivo de mudar uma realidade existente. Essas iniciativas enriquecem a cidadania coletiva e consciência social dos indivíduos, envolvendo-os na construção de um futuro melhor. Esse é “Projeto 30 anos ou plano: econômico, social, e político por pelo menos 30 anos”, diz no documento.

Zé Preto cansou de só assistir as coisas acontecerem e está distribuindo para a imprensa e vereadores, seu “Projeto 30 anos.”.

“No nosso caso uma geração perdida é uma geração que não projetou/planejou e nem discutiu o futuro da cidade de Santa Cruz do Capibaribe e nem dos nossos filhos e netos, agimos em sua maioria em curto prazo, no improviso, pela emoção e não pela razão”. Diz o desportista.

O idealista esteve na Câmara de Vereadores onde deixou que cada vereador tenha acesso as suas ideias e passe a discutir as saídas para os problemas que afligem a população.

Uma iniciativa que merece muita atenção.

GOVERNO DE PERNAMBUCO PAGA 13º SALÁRIO EM PARCELA ÚNICA NO DIA 18

O governo de Pernambuco anunciou, nesta quinta-feira (6), que o pagamento do 13º salário dos servidores públicos estaduais será efetuado em parcela única no dia 18 de dezembro. O anúncio foi feito pelo governador Paulo Câmara (PSB) na cerimônia de diplomação de quem foi eleito na votação deste ano.

"A gente buscou antecipar o 13º dos servidores, que estava programado para o dia 21. Conseguimos com a Secretaria da Fazenda e vamos pagar no dia 18", disse o governador.

De acordo com a administração estadual, Pernambuco conta com 123.292 servidores ativos, 70.240 inativos e 26.316 pensionistas, totalizando 219.848 pessoas. Com relação à folha do mês de dezembro, o governo divulgou que o pagamento será realizado até o primeiro quinto dia útil do mês de janeiro de 2019.

Por meio de nota, o governo estadual afirmou que “a previsão é de que sejam injetados na economia estadual e num período de cerca de 30 dias, cerca de R$ 2,5 bilhões referentes ao valor da soma das folhas de pagamento de novembro, dezembro e do décimo terceiro, trazendo mais robustez para o comércio e outros setores da economia do Estado”.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

SEJA UM CONSULTOR (A)


ESCOLA LIVRE! HOJE E SEMPRE!

“Meu partido é um coração partido/e as ilusões estão todas perdidas”, assim cantava o poeta Cazuza, e essa canção nos faz lembrar a ilusão e queda do movimento escola sem partido, transformado em projeto de lei pelos irmãos Bolsonaro filhos do presidente eleito. Também conhecida como lei da mordaça, a pretendida escola que jamais vai existir, tenta limitar a liberdade de pensamento e a discussão sobre gênero nas instituições, além de trazer no seu bojo claros interesses de criar uma escola “com partido”, desde que não seja algo que privilegie a possibilidade de todos poderem refletir sobre o contexto social em que vivem e as diferentes correntes políticas que ali atuam.
Além de ferir a Constituição Federal o que sustentava o movimento era tão descabido quanto achar que vai chover notas de cem reais, pois fala de uma doutrinação que até o presente momento não foi identificada, e que qualquer estudante que tenha o mínimo de capacidade percebe claramente se um professor está apenas dispondo ou impondo um conteúdo, diferente dos que propunham a lei, os jovens tem acesso hoje ao mundo de informações da internet, e podem claramente lá buscar mais elementos para as discussões que são travadas em sala de aula, a lei da mordaça caiu, e a nível Nacional pela ausência de quem defendia ela, acredito que durante a campanha presidencial leram mais sobre o tema.

Para felicidade geral de quem defende a liberdade de pensamento, também em Pernambuco essa ideia foi para a gaveta, aqui era defendida pelo pastor Cleiton Collins (PP), arquivada no último dia 12 de dezembro só volta se o pastor propor essa trabalheira desnecessária novamente ou outro que tenha uma ideia baseada nesse absurdo. Viva Pernambuco, viva o Brasil. Cazuza canta no final da poesia já citada “meus inimigos estão no poder/ideologia, eu quero uma para viver! Contra os inimigos da democracia seremos cada vez mais fortes. No mais fica o dito para ser reescrito e ponto final.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

UM HOMEM SUSPEITO DE ROUBAR UM CARRO COMETEU SUICÍDIO NESTA QUARTA-FEIRA (12)

De acordo com a Polícia Militar, ele roubou o automóvel em Toritama.

Ainda segundo a PM, após o assalto, o homem fugiu pela BR-104, no sentido Toritama-Caruaru. O dono do veículo teria acompanhado a movimentação do carro pelo GPS e acionou a polícia.

A perseguição seguiu na rodovia e terminou em uma rua do bairro Caiucá, conforme informou a PM. O suspeito teria abandonado o carro roubado e tentado fugir a pé, mas foi encurralado pelos policiais. Em seguida, ele atirou na própria cabeça com a arma dele.

O caso deve ser encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

MENSAGEM DE RUBINHO NUNES


SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE: ATÉ ONDE IREMOS?

No próximo dia 29, Santa Cruz do Capibaribe completa 65 anos de emancipação política. Esse período transcorreu contando uma bela trajetória. Histórias de superação, desenvolvimento, construção e criatividade. Muito temos que falar acerca dessa cidade que acolhe a todos sem fazer distinção. Sem preterir ninguém.

Uma coisa, no entanto, nos deixa preocupados neste momento festivo: o desprestígio e os maus tratos à memória e aos costumes da nossa gente, que ao longo dos anos, lutou pelo fortalecimento da Capital da Sulanca. A desatenção pelas nossas tradições, cuidou logo de desdenhar desse codinome que tanto nos honrou nas décadas finais do século XX – CAPITAL DA SULANCA!. A memória física (construções) do centro antigo, é dizimada diariamente, diante das autoridades que parecem não se importar com o legado de conquistas dos nossos antepassados. A memória cultural, desde há muito, é rejeitada e seus propagadores não têm espaço e nem vez. Onde estão o São João nas ruas, as chegadas de lenha, o quebra-lajeiro, as festas de padroeiro, a Semana do Folclore, o Ypiranga e as grandes vaquejadas? Por que, mesmo com tanto dinheiro, ninguém canaliza recursos para a reativação dos movimentos de cultura popular? Como? Pois até mesmo as festas comandadas pelo poder público são as que mais descaracterizam as nossas tradições!

CHEGA! BASTA! Já passou da hora de pararmos para fazer uma longa reflexão ou então, os filhos naturais de Santa Cruz do Capibaribe estarão alijados do comando dos destinos da cidade (poderes executivo e legislativo) assim como ocorre em outras áreas. Não que os nossos irmãos adotivos não sejam merecedores de tal honra. É que até agora, estes Têm demonstrado verdadeiro desconhecimento e, por conseguinte, desinteresse pela nossa história e costumes.
      
Faça você, sem aquele envolvimento político-partidário, um questionamento e responda, sinceramente.
a.  O serviço de atendimento à Saúde em Santa Cruz do Capibaribe é satisfatório, comparável ao posicionamento desta terra no cenário econômico da Região?
b.  Você acha adequado o Terminal Rodoviário de Santa Cruz do Capibaribe?
c.   E o transporte público? Atende as suas necessidades?
d.  O serviço de Assistência Social acolhe bem as pessoas em situação de vulnerabilidade?
e.  É fácil a locomoção para pessoas com dificuldade de mobilidade pelas nossas ruas e calçadas ou passeio público?

Não é de hoje. Não é de agora. Quando tudo era – aparentemente - mais difícil, nossa gente dispunha de segurança, diversão, atenção e até um ‘campo de pouso e decolagem para pequenos aviões’.

Pela sua grandeza de bonificar àqueles – que mesmo fazendo-lhe declarações de amor – apenas sugam as riquezas oferecidas, “PARABÉNS SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE: 65 ANOS DE CONQUISTAS”!!!

Por JOTA OLIVEIRA

Dra. BIANCA MAFRA - ESTÉTICA AVANÇADA